Archive for agosto \28\UTC 2014

Raviole de Massa Fresca

28/08/2014

Fizemos uma reunião com amigos e amantes da gastronomia, aproveitamos os ingredientes vindos do sitio,  os  talentos presentes e literalmente colocamos as mãos na massa.

O prato escolhido foi raviole recheado de frango e  flores de coentro,  a brincadeira começou assim.

CIMG2140

Logo que a massa ficou pronta foi passada pela máquina de esticar macarrão, mas para quem não tem a máquina, pode abrir a massa com um rolo mesmo;

CIMG2136

Em seguida o recheio foi colocado não esquecendo de deixar uma pequena distância entre eles para fechar os ravioles;

CIMG2132

Ficaram uma graça!

CIMG2166

Nosso pequeno ramalhete de flores de coentro e ora pro nobis, foi  usado na decoração do prato;

prato raviole

Os ravioles prontos  sendo servidos apenas na  manteiga com  ora pro nobis e sementes de coentro verdes.

CIMG2175

 

Ingredientes para a massa:

3 ½ xícaras de farinha de trigo (875 ml)
6 ovos
1 colher de sopa de azeite (15 ml)
1 colher de chá de sal

Modo de preparo:

Coloque a farinha sobre uma bancada formando um monte e faça um buraco no centro. Acrescente os ovos e o sal ao buraco. Misture os ovos com um garfo e incorpore cuidadosamente a farinha à mistura, um pouco por vez. Com as mãos, amasse a mistura para formar uma bola.

Sove a massa por cerca de 5 minutos. Coloque a massa em uma vasilha com azeite. Cubra com filme plástico e deixe descansar por 15 minutos até o momento de abrir a massa fresca. A massa pode ser usada de imediato ou guardada na geladeira por até uma semana.

Corte a massa em 4 seções iguais. Achate uma das bolas com as palmas das mãos até obter a espessura de 1,5 cm, sem ultrapassar a largura da ranhura da máquina de macarrão. Se você não tiver uma máquina de macarrão, também poderá usar um rolo, mas certifique-se de abrir a massa com a espessura adequada.
Ajuste a ranhura da máquina com a maior graduação (em geral, nº 7). Gire a alça ao passar a massa pela ranhura. Segure cuidadosamente a massa achatada ao sair da máquina, mas não puxe.

Após passar toda a massa pela máquina, ajuste a ranhura para a menor graduação a seguir e passe a massa pela ranhura. Ao reduzir a ranhura, a folha da massa se tornará mais longa. Tente segurar a massa com cuidado na saída da máquina para que não se rasgue. Continue passando a massa pela máquina até obter a espessura de 0,1 cm ou chegar à graduação nº 2 na máquina de macarrão.

Peguei emprestada a receita no site do  Chuck Hughes, pois a nossa massa foi feita sem medidas,  assim todos poderão testar.

Para o recheio usamos frango desfiado (coxas e sobre coxas),  flores e sementes de coentro verde.

 

 

 

 

Camarões Rosa com Farofa de Castanhas do Brasil e Pinhões

19/08/2014

Como sempre eu e os camarões…

CIMG2031

Fiz este prato para aproveitar a temporada dos crustáceos , eles  estão uma maravilha, frescos, quase vivos  e com preços ótimos.

Estes camarões rosa pistola só precisaram ser grelhados em  um belíssimo azeite e alho,   como acompanhamento fiz esta farofa com ingredientes bem brasileiros como a castanha do Brasil (antiga castanha do Pará) e pinhões.

Depois eu salpiquei com flor de sal e servi.

Ingredientes:

300gr de Castanhas do Brasil (Pará) picadas grosseiramente

150 gr de pinhões cozidos, descascados e picados

500 gr de farinha de mandioca crua

1 cebola média picada

250 gr de manteiga

Sal

Modo de preparo:

Em uma frigideira grande coloque a manteiga para derreter e em seguida acrescente as cebolas picadas;

Deixe a cebola fritar até ficar bem dourada e em seguida coloque as castanhas e os pinhões;

Quando estiverem começando a dourar adicione a farinha de mandioca e mexa até misturar bem e cozinhar a farinha;

Tempere com sal e reserve.

Ficou muito saborosa e com uma textura bem crocante.

A verdade é;  ficou dos Deuses!!

 

O Velhão – As Véia

12/08/2014

Fim de semana lindo, o céu estava tão azul que a melhor escolha foi sair e  procurar um lugar ao sol.

Aqui em São Paulo, na Serra da Cantareira tem um lugar chamado ” O Velhão”,  lá pelos  anos 70,  o Sr. Moacyr Archanjo dos Santos comprou o local para montar uma loja de antiguidades e peças de demolição e sua esposa D. Irecema, passou a cozinhar para seus funcionários.

O lugar é bastante agradável e pitoresco,  bem perto da natureza e as pessoas começaram a se interessar em passar o dia por lá, com a morte do marido ela viu uma oportunidade e abriu o restaurante “As Véia”, que com o passar do tempo o negócio foi crescendo e  h0je em dia tem várias lojinhas, um café, marcenaria, serralheria e uma cervejaria que tem o nome “Das nova” .

CIMG2052

CIMG2059

A dica é chegar cedo pois nos finais de semana costuma ficar bastante concorrido;

CIMG2038

Esta é a parte da frente;

CIMG2049

aqui é o café do Véio;

CIMG2050

achei um charme;

CIMG2063

olha só a fila para entrar no restaurante, e olha que ainda não era nem meio dia;

CIMG2068

eu e o  Chef Rafael Santos, amigo e parceiro da confraria prontos para enfiar o pé na jaca…

CIMG2087

entenderam o pé na jaca?

CIMG2092

O buffet bem farto…

CIMG2097

… churrasqueira;CIMG2080

E a parte externa com a natureza bem perto de nós;

CIMG2069

 

Lugar agradabilíssimo! que recomendo!

Fica na Estrada Santa Ines, 3000

Mairiporã – São Paulo

 

 

 

Instituto Chefs Especiais Down Cooking

06/08/2014

Todos que me conhecem  sabem do meu amor e admiração à este casal, Simone  e  Marcio Berti. Sempre que pude,  estive por perto para  fazer parte de um projeto que no ano de 2013  se transformou no Instituto Chefs Especiais. É  com muito orgulho que conto para todos vocês que fui convidada a ser  Chef responsável pela Higiene e Segurança do Instituto. Claro que  aceitei!

Muito obrigada pelo carinho e pela confiança em meu trabalho!

 

casal especial

E é por isso que eu sempre digo, amo muito tudo isso!!!

especiais1

E bóra trabalhar que o tempo urge!!!

Salmão Tartar com Camarões

04/08/2014

Preparei esse salmão tartar para servir como entrada em  um jantar realizado na residência de um amigo.

Uma apresentação diferente que fez sucesso, de fácil preparo e bastante saudável.

 

CIMG2036

Não consegui reservar um pouco das folhas de dill para fazer a foto, então usei manjericão apenas para decorar e colorir o prato.

Ingredientes para o Tartar:

600 gr de filé de salmão fresco e limpo;

2 colheres de suco de limão siciliano ( ou o de sua preferência;

1 colher (sopa) de endro (dill)

Salsa picada;

Ciboulette ou cebolinha picada;

Sal, pimenta do reino branca (moída na hora)

Ingredientes para a 2ª camada:

4oo gr de camarões médios frescos e limpos;

1 colher (sopa) de suco de lião;

Sal, pimenta do reino (moída na hora)

Decoração:

Preparei algumas fatias de presunto de parma e coloquei no forno convencional para ficar crocante e usar como decoração.

Preparo:

Enquanto isso, tempere os camarões e passe na grelha por 3 minutos e reserve;

Corte o salmão em cubos pequenos e uniformes tempere e reserve;

Montagem:

Montei em um aro de 8 cm de diâmetro,  coloquei uma camada de salmão, em seguida coloquei os

camarões grelhados e finalizei com um crocante de parma.

Feito isso, é só servir.