Archive for the ‘restaurantes’ Category

Restaurante Mocotó

10/03/2011

Fim de semana de carnaval, e eu com muita vontade de falar e de comer no  famoso restaurante Mocotó.

Como eu  não tinha nenhuma foto do lugar resolvi aparecer por lá, mas é claro que a minha pretenção era  que o lugar estaria menos cheio que de costume, doce engano, lotado como sempre, mas como todos sabem, a espera faz parte do Show.

Esse restaurante despretencioso que realiza o melhor da comida do Sertão Nordestino ja foi pauta para várias reportagens e até deu ao Chef Rodrigo Oliveira o título de chef revelação no ano de 2008 pela revista Prazeres da Mesa.

O cardápio conta a história do “Sr Zé Almeida”, que na década de 70 deixou o Sertão de Pernambuco para se aventurar em São Paulo, quando chegou por aqui, abriu o que se pode chamar de entreposto de produtos nordestinos e servia para seus clientes e amigos mocotó em copinhos, até que se  tornou um restaurante.

Com o passar dos tempos e o sucesso certo e garantido,  seu  filho Rodrigo Oliveira foi atráz de formação acadêmica e assim comandar a cozinha sem perder a autenticidade e simplicidade da cozinha sertaneja.

O que agrada bastante ao público é que a filosofia da casa é oferecer boa comida por um preço justo, além de apresentar uma enorme coleção de cachaças com mais de 300 marcas, algumas aromatizadas com frutas, outras licorosas, enfim inumeros tipos e sabores.

E enquanto as pessoas esperam seu lugar para o almoço, pode ser feito alguns pedidos la na calçada mesmo, e todos esperam pacientes tomando seus drinks e comendo seus petiscos.

Uma mandioca chips cortada bem fininha,  o que lhe deu a textura e crocancia  perfeita.

A porção de torresmo que de tão fresquinho, crocante e sequinho nem teve tempo para sair na foto, fico devendo, assim tenho um ótimo motivo para voltar lá…

Como o dia não estava tão quente, resolvi pedir uma mocofava, que além de aquecer o estomago, aqueceu a alma tambem.

Em seguida chegou à mesa uma picanha de carne de sol com um alho assado e pimenta biquinho, o unico pensamento em uma hora como essa é que da até pena de não ter mais fome para provar outras delicias do lugar.

Para finalizar um sorvete de rapadura com pedacinhos crocantes dela e uma  calda de catuaba;  realmente muito bom!!

O restaurante fica lá na Vila Medeiros, Zona Norte de São Paulo…

Apareçam por lá, vale cada minuto e cada bocado!!

Restaurante Oliva

03/11/2010

Semana passada estive no restaurante Oliva e como sempre estava tudo Divino!

Em um ambiente para lá de agradável, com uma fonte ao ar livre que fica na parede do fundo do restaurante. Local para frequentar desde a hora do almoço ou até mesmo a noite, quando o cenário fica aconchegante e romantico…

O cardápio tem base na culinária Italiana mas também tem a influência de regiões do Mediterrâneo.

Vou mostrar o que nossa mesa pediu, e por aí vocês podem ter uma idéia como foi a nossa noite.

Este é o prato que eu escolhi, um Confit de Pato ao molho de vinho do Porto com Risotto de maçã verde, que estava dos Deuses.

Este também estava excelente, Codornas desossadas e grelhadas ao molho de vinho Shiraz, acompanhadas de cogumelos frescos e lâminas de batatas. É claro que eu dei minha garfada né!!

E este foi o outro prato pedido para nossa mesa, Risotto de calabresa artesanal, escarola, tomate concassê e erva doce, textura e sabor perfeitos…

Preciso falar mais alguma coisa? Se voce ainda não conhece, passa lá e vai conferir… Tenho certeza  de que  não vai se arrepender.

Fica na Avenida Nova Independência, nº 98 – Brooklin – São Paulo

Clandestino

29/08/2010

Esta semana eu e minha grande amiga Heloisa tivemos o prazer de conhecer o  menu degustação preparado pela talentosa Chef Bel Coelho.

Trata-se de um menu extenso de 12 pratos, todos eles maravilhosos, com suas cores, texturas e sabores, em um  ambiente para lá de aconchegante. Tudo perfeito.

Estes foram os drinks que tomamos enquanto esperávamos que todos chegassem, porque para fazer esta degustação, é necessário que se faça reserva, portanto ela só iniciará com a presença de todos.

Vista da cozinha com a chef trabalhando…

Crocante de linhaça dourada com damasco… Uma textura crocante feita com isomalte, um açucar diferente que produz um caramelo menos doce e que não gruda nos dedos.

Tempurá de jiló, maxixe, quiabo e chuchu com molho de caju e echalotas.

Ceviche de vieiras com tamarillo, ouriços e aji amarelo.

Ostra ao molho de missô com Yuzu, pérola de shiso e ar de saquê.

Delicioso creme de milho brulée com especiarias.

Praia Clandestina, composição de moqueca para o mar, farofa com licuri para a areia, concha e estrela feitas de sequilho e um siri mole.

Açorda de bacalhau Clandestina, um creme de bacalhau com um ovo cozido a baixa temperatura e uma farofa de pão.

Uma pequena pausa para a raspadinha de garapa, espuma de caipirinha com cachaça Cambraia.

Costelinha de porco na taioba com canjiquinha e paio.

Cupim curado com espuma de cará e caldo de pimentão assado com feijão manteiguinha.

Salada caprese, compota de tomate, sorvete de queijo com gotas de azeite de manjericão.

Romeu e Julieta, sorvete de goiabada cascão com gotas de creme de queijo, castanha barú e gotas de goiabada.

Terrine de chocolate 85%, marzipan de castanha do Pará, sorbet de cupuaçu e calda de pripioca.

Para acompanhar o café, telha de chocolate branco com lavanda, doce de bacuri e macarron de uvaia com cachaça.

Chef Bel Coelho em sua cozinha montando os ceviches.

A Chef atenciosa assinando nossos cardápios.

Agora voces podem ter uma idéia de como eu tive uma noite incrível. Tudo isso está disponivel para todos no restaurante Dui/Clandestino, sua localização fica na Alameda Franca, 1590.

Bom apetite.