Bortsch – Sopa de Beterraba

Reza a lenda que uma linda sereia pediu ao pescador Wars e à sua mulher Sawa que construíssem uma cidade junto ao rio Vistula, e assim nasceu Varsóvia. E desde então, a Polónia, país que tanto sofreu ao longo da história com inúmeras invasãoes, tornou-se famoso pela sua hospitalidade e gastrônomia.

E quando eu comentei com uma Amiga que ontem eu fiz esta sopa para o jantar e iria colocar no blog, ela me contou uma história linda.

Disse que sua avó preparava essa sopa quando ela era criança, e há alguns anos atrás ela fez uma viagem para Bruxelas e foi visitar uma cidade chamada Bruges; quando começou a descrever, falou que parecia uma cidade encantada, tão linda que até parecia que estava fazendo parte de uma tela.

Nem é preciso dizer que esta minha Amiga é artista plástica e como todo artista, tem a sensibilidade a flor da pele.

Voltando a história, quando chegou a cidade disse que fazia muito frio e que os ventos Noroete quase arrancavam as pessoas do chão, entrou em um restaurante e pediu Bortsch. Quando começou a degustar, recebeu uma onda de calor e conforto, como se a  lembrança gustativa pudesse trazer sua avó àquele lugar…

Lindo isso né??

Ingredientes:

2 cebolas grandes picadas em fatias

2 tomates grandes sem pele e sem sementes picados em tiras

3 beterrabas grandes ou 4 médias

2 dentes de alho picado

1/2 talo de alho poró

1 colher de endro seco (opcional)

1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem (antigamente usavam banha de porco)

100 ml de água

Suco de 1 limão,

Sal

Pimenta à gosto

Modo de fazer:

Em uma frigideira coloque o azeite extra virgem, a cebola, o alho e deixe murchar.

Em uma panela coloque as beterrabas em água fria ja picadas e deixe até ficar macia.

Acrescente o alho poró, os tomates, o sal a pimenta e o suco de limão.

Deixe cozinhar aproximadamente uns 15 minutos.

Bata tudo em um liquidificador e sirva quente ou fria.

Acrescente ao centro do prato  creme azedo, (creme de leite fresco batido com limão) ou se quizer que fique um pouco mais light use coalhada fresca ou seca, a quantidade é a de sua preferência.

Eu usei coalhada fresca, e posso confessar, ficou uma delícia!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: